sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Escolhas 8

Cena I

No colégio...
Todos chegam na sala e vão aos seus lugares, a professora já havia chegado.
Lali pede para que Euge entregue um bilhete a Peter e outro a Pablo, ambos escritos:

Me encontre na frente do mastro na saída.
                                           Lali”

Cena II

Na saída...
Peter e Pablo vão até o mastro da bandeira...
(Peter) E ai, cara, o que veio fazer aqui?
(Pablo)Vim encontrar a Lali e você?
(Peter) Também... também?
Lali chega.
(Lali) Olá.
(Peter e Pablo) Oi, por que chamou nós dois?
(Lali) Pra por as cartas na mesa.
(Pablo) Como assim.
(Lali) Estou apaixonada.
(Peter) Eu sei, mas... o que ele tem a ver com isso, está apaixonada por ele?
(Lali) Também, e é por isso que eu chamei vocês aqui...
(Pablo) Não estou entendendo por que você o chamou.
(Peter) Nem eu se é dele que você gosta.
(Lali) Esse é o ponto! Estou gostando dos dois!
(Pater e Pablo) O que?
(Lali) É isso, e quando os dois disseram que estavam gostando de mim, eu já sentia...
(Peter) Disse que te amo, e... ele disse que gostava de você?
(Lali) Sim, antes de você!...
(Pater) Por isso você faltou? Agora faz sentido...
(Lali) Vocês vão me ouvir?
(Pablo) Sim, fala.
(Lali)Eu estava, ou  melhor, estou sentindo algo por vocês dois, e é um sentimento igual... por isso chamei-os aqui.
(Pablo) Entendi, um pouco.
(Peter) E você vai querer ficar com algum de nós?
(Lali) Agora com nenhum, não sei, acho que vou esperar as coisas se esclarecerem na minha cabeça pra me decidir, tudo aconteceu muito rápido, e eu mal conheço vocês, acho que não da pra amar alguém com tão pouco tempo de amizade...
(Peter e Pablo) Mas eu te amo!
(Lali) Ah, eu não sei como reagir a isso, e também não quero magoar um de vocês, pelo menos sem motivo, entendem?
(Peter) Sim.
(Pablo) Claro.
(Lali) Agora tenho que ir, tchau.
Lali sai rapidamente

Cena III

No pátio...
Gás e Nico conversam.
(Gás) E ai Nico, como ta indo com a Euge?
(Nico) Muito bem, você não sabe como eu estou feliz por ele me querer, pensei que eu gostava dela e não era correspondido.
(Gás) Claro que sei, você não lembra como foi difícil pra mim com a Ro?
(Nico, rindo) Lembro sim, era muito engraçado.
(Gás) Só pra você que não levou mil foras e tapas até conseguir um “sim”.
(Nico) Foi mesmo, você era uma espécie de palhaço pra gente...
Rochi chega.
(Rochi) É né Nico, mas o importante é o agora, que eu e o Gás estamos juntos, eu eu amo ele.
Rochi beija Gás.
(Gás) Tá vendo Nico, tanto eu quis a Ro pra mim que agora eu tenho.
(Nico) Toda ação tem uma reação... Mas, e ai, alguém viu a loira?
(Rochi) Vi sim, ela ta la na biblioteca.
(Nico) Beleza, casal, tô saindo.
(Gás e Rochi) Tchau.
Nico sai, Gás e Rochi se beijam.

Cena IV

Na frente do mastro...
(Peter) Então...
(Pablo) É... muito estranho isso...
(Peter) Sim... e o que você vai fazer?
(Pablo) Ahn... ainda não sei, só quero que saiba que eu não vou deixar a barra limpa pra você...
(Peter) É, eu imaginei, vai lutar por ela, e eu também.
(Pablo) Mas... o que te pergunto é se seremos inimigos.
(Peter) Eu acho que não, é como diz o ditado: “Amigos, amigos, mulheres à parte”.
risos.
(Pablo) Então beleza, mas... desde já te digo... ela é minha!
(Peter) Vai acreditando nisso, cuidado pra não se machucar no final.
(Pablo) Vou lutar pelo amor dela.
(Peter) E eu pelo amor que eu e ela teremos um dia.

CONTINUA.

(Capitulo parcealmente baseado em fatos reais)

Nenhum comentário:

Postar um comentário